Visita técnica da Abrinq pode render benefícios para a cidade

aula1Muito mais do que apenas o selo de Cidade Amiga da Criança, a visita técnica da Abrinq ao Município pode render apoio técnico e recursos para os projetos e programas desenvolvidos em Estância Velha para os próximos anos. Suporte técnico, orientação para pleitos do Departamento de Captação de Recursos, orientação para o Orçamento da Criança e Adolescente (OCA), além do selo, é claro, de Cidade Amiga da Criança, que Estância Velha pode receber ao final dos quatro anos. O resultado da jornada do economista Cesar Vale, da Abrinq, fez brilhar os olhos das equipes das secretarias, departamentos e entidades que trabalham com a criança e adolescente na cidade.

Foram dois dias de uma rotina intensa e rigorosa nos questionamentos e apontamentos. Durante as visitas, Vale avaliou as Políticas Públicas voltadas à área da Infância e Adolescência, por meio de um questionário que era respondido por técnicos e professores de cada espaço visitado. Ali apontava o funcionamento dos setores e desenvolvimento das ações. Ele esteve acompanhado pela articuladora do Programa Prefeito Amigo da Criança no Município, Cristiane Noé; pelas secretárias Marly Arigony, da Educação e Cultura; e Vanessa Eltz, do Desenvolvimento Social; e, por vezes, também pela prefeita Ivete Grade.

Segundo Vale, a visita técnica da Abrinq vai dar início a um processo longo e importante. “Esta visita gerou um relatório, que será avaliado depois, junto com as informações dos mapas, preenchidos a partir de agora pelo Município. Depois do cruzamento destas informações, serão então definidas as áreas prioritárias para atuação futura”, explica.

Nos mapas, segundo ele, serão inseridas informações como nível de investimento, método de planejamento e indicador social dos projetos. “Quando cruzarmos os dados dos mapas com o relatório gerado a partir da visita, poderemos começar a atuação no município nos indicadores sociais que precisam ser evoluídos, definindo as estratégias de trabalho para isso”, completa.

Na rota da visita de César Vale, além da reunião com todos os secretários municipais, que ocorreu na segunda-feira, também estiveram locais como Escolas de Educação Infantil e Fundamental, Estação Ecologia, Conselho Tutelar, Lar Municipal Helberto Klein, CRAS, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (COMDICA), Hospital Municipal Getúlio Vargas (HMGV), Vigilância em Saúde, Unidades Básicas de Saúde e Secretaria de Desenvolvimento Social (Bolsa Família).

aula2Estância Velha foi a primeira cidade do País em 2017 – entre as 2.300 que aderiram ao Programa Prefeito Amigo da Criança -, a receber a visita técnica da Abrinq. Só este fato já torna a visita de Cesar Vale totalmente positiva, segundo Cristiane Noé, articuladora do programa na cidade. “Acredito que a análise dele foi positiva, e mostramos com detalhes todas as nossas ações e a nossa preocupação e determinação com os projetos envolvendo a criança e adolescente. Estamos investindo bastante nesta área e começando a colher bons frutos”, disse Cristiane.

A prefeita Ivete Grade acompanhou boa parte da visita da Abrinq. Para ela é um reconhecimento a uma das principais metas da Administração, focada na criança e no adolescente. “É uma alegria muito grande saber que chamamos a atenção da Abrinq pelos nossos projetos e acabamos por ser o primeiro município entre 2.300 a ser visitado no País. Isso nos incentiva a trabalhar cada vez mais em prol da ação da primeira infância e adolescência”, resumiu a prefeita.

Vera Fernandes
Jornalista (MTb. 10.394)
Departamento de Comunicação