Agende-se para doar sangue nesta quinta-feira

hemocentroNesta quinta-feira, 30, os estancienses têm um compromisso com a solidariedade. O dia vai ser de doação de sangue no Pavilhão de Atividades Culturais Reinato Ênio Trein (PAC). Ali, o Hemocentro de Porto Alegre vai montar uma estrutura para atender os doadores que não podem ir até a sua sede na capital.

A mobilização teve apoio do Léo Clube de Estância Velha, formado pelos jovens do Lions Clube Internacional, que divulgaram a doação em uma ação na sinaleira da Rua Presidente Lucena com Avenida Brasil no último sábado. A ação do grupo também serviu para comemorar o 25 de novembro, Dia Nacional do Doador de Sangue.

Os doadores serão recebidos nos dois turnos, entre 8h30 e 12h e das 13h às 17h. Não é necessário fazer agendamento para doação, mas em função da realização do cadastro é importante que os doadores cheguem com máxima antecedência possível nos dois turnos. Esse evento é realizado pela Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), em parceria com o Hemocentro de Porto Alegre e com o apoio do Conselho Municipal de Saúde.

 Para doar sangue você deve:

Estar em boas condições de saúde.

Ter entre 16 e 67 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos, precisam de formulário de autorização).

Pesar no mínimo 50kg.

Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas).

Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).

Apresentar documento original com foto recente, que permita a identificação do candidato, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social).

Quem não pode doar sangue:

Hepatite após os 11 anos de idade.

Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas.

Uso de drogas ilícitas injetáveis.

Malária.

Hepatite após o 11º aniversário: Recusa Definitiva; Hepatite B ou C após ou antes dos 10 anos: Recusa definitiva; Hepatite por Medicamento: apto após a cura e avaliado clinicamente; Hepatite viral (A): após os 11 anos de idade, se trouxer o exame do diagnóstico da doença, será avaliado pelo médico da triagem.

Vera Fernandes
Jornalista (MTb. 10.394)